Aba 1

Postado em 22 de Março às 17h50

70% das empresas mutuenses são contra antecipação de feriados

Jurídico e Tributário (121)
Acenm/CDL Acenm/CDL realizou enquete e emitiu manifesto contrário ao lockdown proposto pelo governo estadual NOVA MUTUM, MATO GROSSO: A Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes...

Acenm/CDL realizou enquete e emitiu manifesto contrário ao lockdown proposto pelo governo estadual

NOVA MUTUM, MATO GROSSO: A Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL) emitiu, na tarde desta segunda-feira (22), posicionamento contrário à proposta do Governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes, de antecipação de feriados com a intenção de frear o contágio e disseminação de Covid-19. A proposta apresentada consiste em decretar feriado do dia 24 ao dia 26 de março e também nos dias 1 e 2 de abril da semana posterior.

Em seu manifesto, a Acenm/CDL lembra que a própria Organização Mundial da Saúde (OMS) recentemente se posicionou contrária ao lockdown, uma vez que não existe comprovação científica de que de fato funcione efetivamente. “Destacamos que não apoiamos medidas restritivas como lockdown, antecipação de feriados ou redução do tempo de atendimento”, salientou o presidente da Acenm, Lirio Vitalli.

ENQUETE – Nesta segunda-feira (22) a Acenm/CDL consultou seus associados por meio de enquete digital e constatou que 70% das empresas mutuenses são contrárias à antecipação dos feriados. Foram cerca de 600 respostas ao questionário. “A entidade vai seguir a opinião da grande maioria das empresas e manter a posição contrária. Nosso comércio já está sendo muito penalizado por medidas restritivas cuja eficácia é duvidosa”, reforçou o presidente da CDL Nova Mutum, Ronnie Sfredo.

Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC | Ascom Acenm/CDL

Veja também

Simples Nacional defere mais da metade das solicitações para 202018/02/20 Empresas tinham até 31 de janeiro para apresentar termo de opção A Receita Federal informa que, ao final do processamento das solicitações de opção pelo Simples Nacional, 674.468 pedidos foram recebidos. Desse total, 379.880 (56%) foram deferidos. Outros 54.353 pedidos foram cancelados e 240.235 indeferidos. As empresas tinham até 31 de janeiro de 2020......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.