Aba 1

Postado em 06 de Março de 2014 às 13h23

ACENM/CDL ALERTA : Fax é utilizado para “golpe da lista telefônica”

Acenm/CDL Novo Conteúdo 01 O antigo “golpe da lista telefônica” ainda preocupa empresas mutuenses. Na última quinta-feira (27) a Acenm/CDL recebeu nova denúncia por parte de uma empresa local que acabava de sofrer...

O antigo “golpe da lista telefônica” ainda preocupa empresas mutuenses. Na última quinta-feira (27) a Acenm/CDL recebeu nova denúncia por parte de uma empresa local que acabava de sofrer uma tentativa de fraude. Em anos anteriores os golpistas agiam por telefone, mas desta vez a ferramenta utilizada foi o fax.

No caso acima referido, os farsantes pediram a um funcionário da empresa mutuense que lhes desse um sinal de fax, e informaram que se tratava de um documento para confirmação do endereço da empresa para atualização cadastral. Contudo, o documento enviado via fax era, na verdade, um contrato de publicidade para anúncio em uma lista telefônica e implicava na cobrança de R$ 800 em parcela fixa à vista. O contrato foi enviado em nome de uma empresa de publicidade e assessoria de cobrança com sede em São Paulo-SP.

Os golpistas tentam induzir a vítima a assinar o contrato sem perceber o seu inteiro teor e assim comprometer a empresa com a cobrança por um serviço não solicitado. No documento as informações de endereço para cadastro estão visualmente destacadas, enquanto a cobrança aparece discretamente em letras miúdas.

Nesse sentido, a Acenm/CDL recomenda às empresas de Nova Mutum que orientem seus funcionários para que não retornem fax ou ligações de desconhecidos com confirmação de dados da empresa.

EVITE TRANSTORNOS. Confira outras recomendações:

. Não forneça os dados da empresa tais como CNPJ e Razão Social;
. Instrua os funcionários da empresa;
. Anunciantes de listas telefônicas sempre devem verificar se a empresa existe mesmo, entrar em contato novamente, confirmar os dados e os valores;
. Empresas idôneas oferecem serviços sem pedir dados bancários dos clientes;
. É possível procurar o Procon e a polícia para saber se há reclamações anteriores;
. A Associação Brasileira de Listas Telefôncias recomenda que anunciantes não confirmem dados por telefone ou paguem pelo que não foi contratado.

_________________________________
Assessoria de imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Bandeira tarifária de fevereiro será verde e não terá cobrança a mais na conta de energia elétrica06/02 Alívio na cobrança vem depois de sete meses seguidos de bandeiras amarela ou vermelha na conta de energia Por Assessoria | Procon-MT A energia elétrica chega ao consumidor em fevereiro de 2020 sem custos adicionais, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Isso porque a bandeira tarifária que vai operar este mês é a verde. Mesmo assim, a......
Indústria de Mato Grosso registra pequeno crescimento, abaixo da média nacional16/12/19 Além de Mato Grosso, o estado do Rio de Janeiro também cresceu abaixo da média nacional (0,2%). Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicada semana passada, a indústria brasileira cresceu 0,8% em outubro de 2019, na......

Voltar para Notícias