Aba 1

Postado em 13 de Maio de 2014 às 07h57

Acenm/CDL convida associados para reunião com Bombeiros

Objetivo é instruir quanto a emissão do Alvará Contra Incêndio e Pânico. Encontro será hoje às 19h

Acenm/CDL Objetivo é instruir quanto a emissão do Alvará Contra Incêndio e Pânico. Encontro será hoje às 19h A Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e a Câmara de Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL) convida seus...

A Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e a Câmara de Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL) convida seus associados a participarem de uma reunião entre empresas do município e Corpo de Bombeiros, na noite de hoje (13/05), às 19h, em seu auditório. O objetivo do encontro é informar e instruir as empresas quanto a emissão do Alvará de Prevenção Contra Incêndio e Pânico (APCIP), que tem gerado dificuldades a muitos comércios e estabelecimentos e em muitos casos requer adaptações nos prédios.

COMISSÃO

Em março a Acenm/CDL convidou seus associados a formarem uma comissão de empresários com o objetivo de identificar os problemas relacionados à emissão do APCIP e possíveis soluções. Desde então a comissão tem acompanhado o andamento dos projetos e negociado melhores prazos e condições com os Bombeiros, para amenizar o impacto às empresas.

“As empresas que ainda estiverem com problemas relacionados ao APCIP devem comunicar sua situação à Acenm/CDL, para que a comissão possa acompanhar e assessorar os casos”, lembram os presidentes Alexandre Saito (Acenm) e Rodrigo Rigoni (CDL).

TASEG

Além do APCIP, a Acenm/CDL acompanha de perto a questão da Taxa de Segurança Pública (Taseg) e tributação em geral. Uma reunião entre lideranças empresariais e setores do governo do Estado foi realizada na semana passada, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, para discutir a Taseg, a Taxa de Combate a Incêndio (Tacin) e o enquadramento das empresas na faixa do limite do Simples Nacional.

Indignada com a pesada carga tributária aplicada aos empresários mato-grossenses, a classe empresarial apresentou sua pauta de reivindicações e negocia uma redução para a Taseg, que no início de maio foi objeto de notificação a diversas empresas através da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP/MT).

O deputado estadual Dilmar Dal Bosco, que convocou a reunião, dará entrada em uma lei para baixar em torno de 70% o valor da Taseg, alterar a referência, descartar o uso da Unidade Padrão Fiscal (UPF) para cálculo da taxa e mudar a forma de classificação da taxa.

Enquanto as negociações prosseguem, recomenda-se que as empresas notificadas a parcelarem a Taseg ao invés de pagarem o valor integral, pois se o contribuinte deixar de pagar, a dívida vai pro Conta Corrente, e se pagar o valor integral não será possível reaver o dinheiro mais tarde.

Os empresários também reivindicam a elevação do teto de faturamento do Supersimples para o teto máximo sem perder o benefício no valor do ICMS. A sugestão dos empresários é elevar o teto de receita anual para inclusão no Super Simples Estadual, atualmente em R$ 1,8 milhão, para o nível nacional, que é de R$ 3,6 milhões.

Participaram da reunião a SESP-MT, Facmat, FCDL/MT, Fiemt, Sebrae/MT, Cipem, Casa Civil, Sindipetroleo, Polícia Civil, Fecomércio e CBM/MT.

_________________________________
Assessoria de Imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

6º Corrida do Trabalhador em Nova Mutum16/04/16Acenm/CDL convida empresas a participar Estão abertas as inscrições para a 6º Corrida do Trabalhador, que acontece no dia 1º de maio em Nova Mutum. Os interessados já podem procurar os pontos de inscrição para participar da corrida. As inscrições podem ser feitas na Secretaria de Esportes e Lazer, Acenm/CDL e na loja A esportiva. Mediante a doação de 1kg de alimento......
Opção ao Simples Nacional 2014 vai até o dia 31 de janeiro24/01/14 Encontra-se disponível no Portal do Simples Nacional a opção ao Regime Especial Unificado em 2014. O prazo para a opção, bem como a regularização das pendências fiscais e cadastrais termina no dia 31 de......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.