Aba 1

Postado em 13 de Abril de 2020 às 10h57

Acenm/CDL divulga ações realizadas no enfrentamento à crise do Covid-19

Institucional (23)Fomento (69)Economia e mercados (135)Jurídico e Tributário (111)
Acenm/CDL Nas últimas quatro semanas, os mutuenses, assim como todos os brasileiros, mudaram suas rotinas para atender às recomendações e restrições impostas pelas medidas de enfrentamento à...

Nas últimas quatro semanas, os mutuenses, assim como todos os brasileiros, mudaram suas rotinas para atender às recomendações e restrições impostas pelas medidas de enfrentamento à pandemia de Covid-19. Foi no dia 17 de março que saiu o primeiro decreto municipal (nº 027/2020) voltado a esta questão, estabelecendo as primeiras medidas. Antes disso, a Acenm/CDL já estava atuando de forma a representar as empresas locais junto às autoridades e oferecer apoio aos associados.

Confira as principais ações realizadas pela Acenm/CDL no que se refere ao Covid-19:

  • Assinatura de convênio com a Cooperativa Sicredi Ouro Verde para oferta de crédito a juro baixo e outros benefícios às empresas associadas;
  • Participação no comitê municipal de enfrentamento ao Covid-19, sendo o único representante da iniciativa privada. Levando demandas para discussão de vários segmentos do comércio, buscando sempre o equilíbrio entre o risco a saúde da população e das empresas do município, a Acenm/CDL obteve êxito ao conseguir antecipar a abertura do comércio do dia 6 de abril para 30 de março. Após a confirmação do primeiro caso em Nova Mutum, através de propostas e informações levadas a serem discutidas no comitê, conseguiu consenso em manter o funcionamento das empresas;
  • Participação em diversas reuniões com órgãos municipais e empresas, buscando levar as reinvindicações de cada classe ao comitê;
  • Boletos de mensalidades prorrogados, sem juros e multas para o associado;
  • Apoio a diversos movimentos sociais em prol da sociedade, como foi o caso da ação de coleta de recursos para melhorias no hospital;
  • Apoio ao Movimento Unidos Somos Mais Fortes, que visa arrecadar produtos de higiene e limpeza para os mais necessitados;
  • Disponibilização do Jurídico da Acenm/CDL para apoio gratuito aos associados;
  • Realização de live nas redes sociais com orientações jurídicas no âmbito trabalhista, bem como publicação de diversas notas e matérias informativas e orientativas e concessão de entrevistas à imprensa local.

“Trabalhamos para que o impacto na nossa economia fosse o menor possível, apesar da gravidade do problema e sempre levando em conta o aspecto da saúde e segurança da nossa população, que é a prioridade”, expõe o presidente da Acenm, Joelmir Faccio.

“Felizmente o comércio local, em geral, tem reagido bem. As pessoas estão comprando e aos poucos estamos voltando à normalidade. Agora precisamos dar atenção aos casos especiais, que sofreram mais impacto, para que superem suas perdas”, avalia o presidente da CDL Nova Mutum, Roberto Giequelin.

Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC

Veja também

Bolsonaro sanciona MP que permite redução de jornada e salário07/07/20 O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou hoje a MP (medida provisória) 936, que criou o Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda. A MP permite às empresas suspender contratos ou reduzir jornadas e salários de funcionários até o fim do ano, enquanto durar o estado de calamidade pública decretado por conta da pandemia do novo......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.