Aba 1

Postado em 27 de Março de 2014 às 16h50

Acenm/CDL participa da mobilização para aprovação do novo Simples Nacional

Presidente da Acenm esteve em Cuiabá, em evento com presença do ministro da Secretaria Especial da MPE, Afif Domingos

Acenm/CDL Presidente da Acenm esteve em Cuiabá, em evento com presença do ministro da Secretaria Especial da MPE, Afif Domingos Tramita no Congresso um projeto que, se aprovado, permitirá que 475 mil empresas entrem no regime...

Tramita no Congresso um projeto que, se aprovado, permitirá que 475 mil empresas entrem no regime tributário do Simples Nacional. Atualmente, as empresas do Simples são classificadas por setores e não pelo seu faturamento, o que impede que determinadas atividades se beneficiem desse sistema de tributação.

A mobilização pelo novo Simples Nacional foi discutida na última terça-feira (25), em Cuiabá, durante Caravana da Simplificação, liderada pelo Ministro da Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, Afif Domingos.

O presidente da Acenm, Carlos Alexandre Saito, participou do evento. “Além da redução de impostos o Simples tem a vantagem da desburocratização, que facilita inclusive a abertura e fechamento de empresas, e a inclusão de diversos setores. Para as MPEs faz muita diferença”, comenta Saito.

De acordo com o ministro, as empresas com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões têm que ser contempladas com o Simples Nacional, “seja pequena ou microempresa, ou ainda, o Micro Empreendedor Individual, com rendimento de até R$ 60 mil ao ano. Não queremos mais a restrição ao setor”, defendeu.

A Caravana está sendo realizada em diversos estados brasileiros e busca transformar o ambiente de negócios das MPEs, que representam 97% do universo empresarial brasileiro, totalizando 8 milhões de unidades de negócio.

A proposta que prevê o novo modelo do Simples Nacional deve ser votada no Congresso até maio e depois segue para aprovação do Senado. A implantação deve ocorrer em três etapas: 2015, 2016 e 2017.
_________________________________
Assessoria de imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

MP 936/2020: Pode suspender contrato de gestante?27/04/20 A MP 936/2020 flexibiliza regras para reduções salariais e suspensão de contrato de trabalho. Especialista alerta para os casos das gestantes. A MP 936/2020 permitiu a suspensão do contrato de trabalho por meio de acordo individual escrito entre empregador e empregado, que deve ser encaminhado com antecedência mínima de, dois dias corridos, do início da......
Acenm/CDL convida para café empresarial29/08/19Associados serão recebidos nesta sexta-feira para um coffee e conversa sobre assuntos de interesse do empresariado A Acenm e a CDL Nova Mutum convidam seus associados para um café empresarial, que será realizado na sede das entidades nesta sexta-feira, 30 de agosto, a partir das 7h, sem necessidade de confirmação de presença. A......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.