Aba 1

Postado em 07 de Maio de 2020 às 11h08

Associados da Acenm/CDL denunciam golpe contra empresas mutuenses

Alertas e Comunicados (138)

Golpistas oferecem certificado de qualidade empresarial sem pesquisa e mentem citando parcerias inexistentes com empresas locais.

Acenm/CDL Golpistas oferecem certificado de qualidade empresarial sem pesquisa e mentem citando parcerias inexistentes com empresas locais. Associados comunicaram à Acenm/CDL a ocorrência de mais um golpe empreendido contra empresas...

Associados comunicaram à Acenm/CDL a ocorrência de mais um golpe empreendido contra empresas mutuenses. Os estelionatários fazem contato por telefone, se identificam como funcionários de uma empresa denominada Brazilian Pesquisas e oferecem às vítimas um certificado de qualidade empresarial e divulgações em mídias locais. O produto é ofertado ao custo de R$ 298,00 com possibilidade de parcelamento no cartão em até três vezes.

Um associado gravou uma das ligações recebidas e encaminhou o áudio à Acenm/CDL. Na conversa, uma mulher que se apresenta como “Kétlen” afirma que entre as divulgações de mídia incluídas no “produto” constam propagandas no Google, Facebook, Instagram e propagandas na rádio local Arinos FM, porém a emissora citada nega qualquer parceria com a suposta empresa Brazilian Pesquisas e afirma que nunca fez contato comercial com a mesma, tampouco tinha conhecimento da sua existência.

Além do certificado de qualidade, os golpistas afirmam que o pacote do produto inclui um selo de qualidade no atendimento e um relatório com a metodologia da pesquisa que supostamente identifica as empresas certificadas. Porém, questionada sobre como funciona a pesquisa, a mulher que se identifica como Kétlen não respondeu. Novamente questionada, disse ainda que a empresa Brazilian Pesquisas não possui site oficial na internet, apenas páginas nas redes sociais.

“Não é de hoje que esse tipo de golpe vem sendo tentado contra empresas mutuenses, e sabemos de algumas empresas que acabam comprando o tal produto. Fica aqui o nosso alerta a todos os empresários, para que não deem atenção para propostas de prêmios e certificados sem procedência e sem credibilidade perante a sociedade. Além do dinheiro jogado fora, esse tipo de selo de qualidade prejudica a imagem da empresa em vez de ajudar”, avalia o gerente administrativo da Acenm/CDL, Rodrigo Rigoni.


Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC

Veja também

Sem decisão do governo, MPT orienta que 13º salário seja pago integralmente18/11/20 Trata-se de uma consulta individual realizada por uma empresa. Nota oficial do Governo Federal ainda não foi divulgada. Circula pelo WhatsApp uma nota orientativa do Ministério Público do Trabalho sobre as tratativas de 13º salário e férias para quem teve contrato reduzido ou suspenso. De acordo com o documento, que considera as medidas da Lei. 14.020/20, o 13º......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.