Aba 1

Postado em 06 de Fevereiro de 2020 às 08h49

Bandeira tarifária de fevereiro será verde e não terá cobrança a mais na conta de energia elétrica

Alertas e Comunicados (138)

Alívio na cobrança vem depois de sete meses seguidos de bandeiras amarela ou vermelha na conta de energia

Por Assessoria | Procon-MT

A energia elétrica chega ao consumidor em fevereiro de 2020 sem custos adicionais, segundo a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Isso porque a bandeira tarifária que vai operar este mês é a verde. Mesmo assim, a dica do Procon-MT é ficar atento ao consumo de energia e à leitura da fatura.

O alívio na cobrança vem depois de sete meses seguidos de cobrança de bandeiras amarela ou vermelha na conta de energia. De acordo com a Aneel, a atual situação climática contribuiu para suspensão da cobrança, uma vez que os reservatórios hidrológicos estão em condições favoráveis para a produção de energia pelas usinas hidrelétricas.

Seguindo a tabela de tarifas da Aneel, a bandeira passa a ser amarela em circunstâncias climáticas pouco favoráveis, quando aumenta a demanda por energia termoelétrica, resultando na cobrança de R$ 1,34 por 100 kWh (sem impostos). Em condições ainda mais desfavoráveis a bandeira fica vermelha, podendo ser "patamar 1", com cobrança de R$ 4,16 por 100 kWh, ou "patamar 2", com o valor de R$ 6,24 por 100 kWh.

Mesmo com a bandeira verde em vigor, é preciso consumir de forma consciente o recurso, evitando desperdício e sustos com a conta. O consumidor também deve ficar atento à fatura, observando as cobranças lançadas e a regularidade da leitura.

Em casos de possíveis abusos na cobrança, basta procurar a unidade do Procon mais próxima (confira aqui a lista) ou registrar sua reclamação no www.consumidor.gov.br.

Confira dicas de redução no consumo de energia

- Se utilizar chuveiro elétrico, optar por banhos mais curtos, de até cinco minutos;

- Diminuir o tempo de utilização de ar condicionado e ventiladores;

- Só deixar a porta da geladeira aberta o tempo que for necessário;

- Nunca colocar alimentos quentes na geladeira e verificar regularmente as borrachas de isolamento do equipamento;

- Apagar a luz ao sair de um cômodo;

- Não deixar ferro de passar ligado enquanto faz outra coisa e passar o máximo de roupas de uma vez só;

- Manter os aparelhos eletrônicos fora da tomada sempre que possível.

Fonte: SEFAZ MT

Veja também

Sem decisão do governo, MPT orienta que 13º salário seja pago integralmente18/11/20 Trata-se de uma consulta individual realizada por uma empresa. Nota oficial do Governo Federal ainda não foi divulgada. Circula pelo WhatsApp uma nota orientativa do Ministério Público do Trabalho sobre as tratativas de 13º salário e férias para quem teve contrato reduzido ou suspenso. De acordo com o documento, que considera as medidas da Lei. 14.020/20, o 13º......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.