Aba 1

Postado em 11 de Novembro de 2020 às 10h01

Brasil registra 231 mil empresas abertas em outubro

Fomento (61)Economia e mercados (112)

Os dados dos registros de empresas no Brasil são do Mapa de Empresas, ferramenta digital para acompanhamento dos registos empresariais no país.

Em outubro, o Brasil registrou um saldo positivo de 231.253 novos negócio no mês de outubro, quando foram abertas 320.559 empresas e 89.306 foram fechadas. Os números são do Mapa de Empresas, ferramenta digital do Ministério da Economia para acompanhamento dos registos empresariais no país.

Segundo o levantamento do Ministério da Economia, entre as unidades da federação com maior aumento percentual em relação ao registro de novas empresas, o Amapá foi o que mais cresceu.

No estado, o mês de outubro alcançou a marca de 755 novos empreendimentos abertos, o que representa 15,62% de crescimento se comparado com setembro. Além do Amapá, destacam-se o Mato Grosso, com 5,13%, e Rondônia, com 3,71%.

"Por outro lado, Tocantins registrou a maior variação em relação ao número de empresas fechadas. Em outubro, 601 negócios foram finalizados no estado, o que representa um aumento de 19,48% em relação ao mês anterior", informou o Ministério da Economia.

Atividade Econômica

O levantamento também analisou por atividade econômica. O maior crescimento em outubro foi no comércio varejista de bebidas, que teve aumento de 4,81% no registro de novos negócios, na comparação com o mês anterior. Transporte rodoviários de cargas cresceu 4,77% e promoção de vendas, 3,26%.

Para o Ministério da Economia, os números são mais uma evidência da retomada da atividade econômica, após os efeitos causados pela pandemia do novo coronavírus, e do impacto das medidas de simplificação e melhoria do ambiente de negócios, bem como de transformação digital, implementados pelo governo.

Tempo de abertura de empresas

No mês de outubro, para abrir uma empresa, o empreendedor levou, em média, 2 dias e 17 horas. O tempo é 4 horas menor que o registrado em setembro.

A medição registrada no mês de outubro é a menor para a série histórica do Mapa de Empresas, que possui dados desde janeiro de 2020.

Goiás segue na liderança como a unidade da federação mais rápida no processo de abertura de empresas no Brasil. No estado, leva-se, em média, 1 dia e 2 horas para registrar um novo negócio.

A Bahia é o estado onde o empreendedor leva mais tempo para iniciar sua empresa: 6 dias e 6 horas.

Fonte: Portal Contábeis

Veja também

Alta na emissão de NF-e em junho mostra reação da economia, segundo Receita06/07/20 Levantamento da Receita Federal mostra que houve aumento de 10,3% na emissão de NF-e, com maior média diária de vendas no ano. A Receita Federal divulgou um levantamento que apontando que a média diária de vendas com nota fiscal eletrônica (NF-e) atingiu R$ 23,9 bilhões em junho. O percentual é o maior registrado até agora em 2020. As vendas......
Acenm/CDL cancela Expocomércio 202030/04/20Entidade espera retomar o evento em 2021, após a normalização do cenário econômico hoje abalado pela Covid-19 Após reunião virtual na manhã de hoje (30), as diretorias da Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum (Acenm) e da Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (CDL) decidiram, por unanimidade, cancelar a......

Voltar para Notícias