Aba 1

Postado em 13 de Março de 2020 às 08h42

Empresários catalães buscam parcerias com Mato Grosso

Fomento (87)Economia e mercados (156)

Governo do Estado apresenta vantagens de investimentos no setor da agropecuária e indústria

por Thielli Bairros

Representantes da Câmara de Comércio Brasil-Catalunha estão buscando informações sobre Mato Grosso. O objetivo é mapear os setores do Estado que são interessantes para investimentos de empresários catalães. Nesta quarta-feira (11.03), o secretário de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, recebeu o vice-presidente da Câmara, Josep Artigas.

"O governo de Mato Grosso tem trabalhado muito para criar um bom ambiente de negócios. Temos incentivos fiscais para atrair indústrias de forma segura e isonômica, temos a ZPE em Cáceres e a hidrovia. São diferenciais para que os investimentos venham para o Estado", afirmou Miranda.

Artigas ressaltou as potencialidades agrícolas de Mato Grosso, o primeiro interesse dos europeus ao investirem no Estado. "Mato Grosso vem se destacando em todo o mundo. Nosso primeiro contato foi com a produção de algodão, mas ainda temos interesse em tecnologia, turismo, entre outros. E queremos entender como podem ser esses investimentos aqui", disse.

O secretário adjunto de Investimentos e Agronegócio da Sedec, Walter Valverde, apresentou diversas opções dentro do setor da agropecuária e reforçou a necessidade da agroindustrialização de Mato Grosso.

"A orientação do governador Mauro Mendes é para que trabalhemos no sentido de simplificar e atrair empresas que gerem emprego e renda para população e divisas para o Estado", salientou.

A Câmara de Comércio Brasil-Catalunha (CCBC) é uma associação empresarial sem fins lucrativos que tem como objetivo fomentar e facilitar as relações comerciais entre o Brasil e a Catalunha, atuando como ponto de encontro entre as empresas catalãs presentes no Brasil e as empresas brasileiras que desejam se instalar diretamente na Catalunha ou ter a região como um ponto de apoio para a entrada na Europa.

Fonte: Mato Grosso Econômico

Veja também

Abertura de empresas cai 29,5% em abril19/06/20 Dados do governo mostram que a quantidade de abertura de empresas teve queda durante pandemia. O Ministério da Economia divulgou hoje o Boletim do Mapa de Empresas, que apontou uma grande queda na abertura de negócios durante o mês de abril neste ano. Foram registradas 189.878 novas empresas, o que representa uma queda de 29,5% em relação ao mesmo mês de......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.