Aba 1

Postado em 05 de Outubro de 2015 às 15h22

Empresas mutuenses recebem lideranças durante ação do Movimento Compre do Pequeno

  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
  • Acenm/CDL -
Acenm/CDL Quatro pequenas empresas de Nova Mutum foram visitadas na manhã desta segunda-feira (5) por uma comitiva do Sebrae-MT, Acenm/CDL e Prefeitura Municipal, dentro da programação do 5 de Outubro – Movimento...

Quatro pequenas empresas de Nova Mutum foram visitadas na manhã desta segunda-feira (5) por uma comitiva do Sebrae-MT, Acenm/CDL e Prefeitura Municipal, dentro da programação do 5 de Outubro – Movimento Compre do Pequeno Negócio, idealizado pelo Sebrae em todo o Brasil. A iniciativa busca conscientizar a população sobre a importância de comprar dos pequenos negócios, para valorizar e fortalecer esse setor do qual tantas pessoas dependem.

As visitas iniciaram às 8h na cafeteria e confeitaria Sabor aos Pedaços e seguiu nas empresas Utilar, Solução Corretora de Seguros e Mundo da Criança. As quatro empresas foram escolhidas por sorteio, dentre associados da Acenm/CDL, representando centenas de outros pequenos negócios mutuenses. Os proprietários e seus colaboradores receberam a comitiva para uma conversa e café da manhã. Os visitantes aproveitaram para fazer algumas compras e consultar produtos e serviços das empresas.

Participaram da comitiva os presidentes da Acenm e da CDL, Jimmy Huppes e Hermínio Carli, o vice-prefeito Leandro Felix e os secretários municipais Romário Limberger Junior (Indústria, Comércio e Turismo) e Agenor Darci Przendziuk (Economia e Planejamento), acompanhados pelo analista técnico do Sebrae (posto de Nova Mutum), Guilherme de Oliveira.

De acordo com o Sebrae, os pequenos negócios são a base da economia brasileira. Somam mais de 10 milhões, entre microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte, além dos 4,2 milhões de produtores rurais. Juntos correspondem a mais de 95% do universo empresarial brasileiro e representam 27% do PIB.

“Os pequenos negócios são responsáveis por 52% de todos os empregos formais no Brasil e por isso tem um papel social muito importante para o desenvolvimento das regiões. A Acenm e a CDL representam todas as categorias de empresas, mas a grande maioria dos nossos associados são pequenas empresas, e boa parte dos nossos serviços são voltados a fomentar esse setor”, diz Huppes.

No portal www.compredopequeno.com.br estão disponíveis maiores informações sobre o movimento.

_______________________________________
Assessoria de Imprensa – Acenm/CDL
Agência Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Prazo para recolhimento da TACIN é prorrogado pela Sefaz01/04/15 Foi prorrogado para 30 de abril o prazo para recolhimento da Taxa de Segurança contra Incêndio (Tacin) referente a 2015. A alteração, realizada pela Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz) consta da Portaria nº 063/2015, que circula no Diário Oficial da última quarta-feira, 25 de março (veja aqui). Todos os contribuintes da indústria,......
SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA: Comércios têm menos de um mês para se adaptar às novas regras03/12/15A maioria das empresas ainda não se deu conta da complexidade do processo de adequação A partir de 1º de janeiro de 2016, as empresas de todo o Brasil que trabalham com vendas de produtos em geral terão de estar adaptadas ao Código Especificador da Substituição Tributária – Cest. A......

Voltar para Notícias