Aba 1

Postado em 06 de Novembro de 2019 às 15h16

Impostômetro da ACSP chega a R$ 2,1 trilhões nesta quarta

Valor será alcançado 15 dias antes do que no ano passado

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai marcar R$ 2,1 trilhões ao 12h30 desta quarta-feira (06/11). O valor ? que representa o total de impostos, taxas e contribuições pagos pelos contribuintes desde o início do ano ? será alcançado 15 dias antes do que em 2018, o que mostra que os brasileiros estão pagando mais tributos aos cofres dos governos municipais, estaduais e federal.

O crescimento da economia, embora em marcha lenta, contribuiu para que a arrecadação tenha atingido o montante antes do ano passado, segundo Emílio Alfieri, economista da ACSP.

?Mesmo com esse total de recursos e a carga tributária alta, é baixo o retorno em serviços básicos para a população?, afirma.

Porém, segundo o economista, vale ressaltar que o governo parece estar atento à essa questão, já que encaminhou para o Congresso, nesta terça-feira (05/11) uma série de medidas voltadas ao ajuste fiscal, com o objetivo de controlar os gastos e adequá-los à arrecadação.

?É um fato positivo, mas também é importante que se faça uma grande simplificação no sistema tributário, que tem mais de 60 impostos, taxas e contribuições, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT).?

O painel do Impostômetro foi implantado em 2005 pela ACSP para conscientizar os brasileiros sobre a alta carga tributária e incentivá-los a cobrar os governos por serviços públicos de mais qualidade. Está localizado na sede da ACSP, na Rua Boa Vista, centro da capital paulista. Outros municípios e capitais se espelharam na iniciativa e instalaram seus painéis.

Fonte: ACSP

Veja também

FCDL defende linhas de crédito do Fundeic a micro e pequenos empreendedores21/03/16 Com representatividade no Conselho de Desenvolvimento Empresarial (Cedem) a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL-MT) defendeu, na reunião do dia 10 de março, a destinação de R$ 15 milhões do Fundeic para micro e pequenas empresas durante o ano de 2016. Este é o maior volume de recursos liberados pelo fundo nos últimos 12......
Black Friday: 45% dos consumidores vão comprar mais produtos este ano do que em 2015, mostra SPC Brasil22/11/1642% pretendem gastar mais com os produtos. Valor médio das compras deve ter aumento de 31% em relação a 2015. Apenas 9% tiveram problemas com as compras na Blac Data cada vez mais importante para o varejo brasileiro, a Black Friday de 2016 acontecerá no dia 25 de novembro e funcionará como um termômetro para saber como a economia está se recuperando, assim como o poder de compra dos......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.