Aba 1

Postado em 28 de Novembro de 2013 às 18h31

Lojistas recebem instruções para lidar com inadimplência

A Acenm/CDL realizou ontem (26) uma palestra com o tema “Cobrança e Recuperação de Clientes Inadimplentes”, voltada a comerciantes. O assunto foi tratado pelo economista e consultor Moacir Muzzi, de Belo Horizonte (MG). Além de instruções para que as empresas possam recuperar dinheiro para seu caixa, o palestrante deu exemplos de como o associativismo e a ação conjunta de todo o comércio são o meio mais eficiente de reduzir a inadimplência e gerar ganhos para todos.

“Fazer o cadastro completo dos clientes, sempre consultar o SPC antes de conceder o crédito, registrar os inadimplentes no SPC no prazo correto, são medidas essenciais. A empresa que não faz isso prejudica a si e a todas as outras, porque assim os maus pagadores seguem obtendo crédito na praça sem a preocupação de pagar seus compromissos atrasados. É preciso união da classe empresarial para que dê resultados”, explanou Muzzi, que é diretor da CDL de Belo Horizonte desde 1975 e palestrante do Seminário Nacional dos SPCs.

Na abertura, o presidente da Acenm, Carlos Alexandre Saito, destacou a importância de se combater a inadimplência para o bem da economia. “É um problema que compromete o capital de giro das empresas, torna os produtos e serviços mais caros aos consumidores, dificulta o acesso a crédito aos bons pagadores, entre outros efeitos”, exemplificou.

A palestra é parte da Semana do Limpa Nome, que segue até sábado, dia 30 de novembro. Esta campanha incentiva comerciantes e pessoas em situação de inadimplência a renegociarem o pagamento dos valores em atraso com condições diferenciadas, como juro reduzido e parcelamento, a critério das empresas.

“Muitas pessoas aproveitam o pagamento do 13º salário para pagar contas atrasadas, então esse é um momento oportuno para estimular as renegociações e reduzir a inadimplência”, comenta o presidente da CDL, Rodrigo Rigoni.

O consumidor endividado com interesse em renegociar suas pendências deve verificar se a empresa credora está participando da campanha e fazer contato. As empresas interessadas em aderir à campanha podem procurar a Acenm/CDL.

_________________________________
Assessoria de imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Prazo para recolhimento da TACIN é prorrogado pela Sefaz01/04/15 Foi prorrogado para 30 de abril o prazo para recolhimento da Taxa de Segurança contra Incêndio (Tacin) referente a 2015. A alteração, realizada pela Secretaria de Fazenda de Mato Grosso (Sefaz) consta da Portaria nº 063/2015, que circula no Diário Oficial da última quarta-feira, 25 de março (veja aqui). Todos os contribuintes da indústria,......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.