Aba 1

Postado em 02 de Outubro de 2020 às 17h08

Nova Mutum: comércio cresce 7,83% em agosto e 1,48% em setembro

Economia e mercados (156)Datas Comerciais (14)
Acenm/CDL Dados do SPC Brasil se referem à comparação com o mesmo período de 2019. Saldo de empregos fechou levemente negativo após três meses de alta O ritmo econômico em Nova Mutum se manteve...

Dados do SPC Brasil se referem à comparação com o mesmo período de 2019. Saldo de empregos fechou levemente negativo após três meses de alta

O ritmo econômico em Nova Mutum se manteve consistente no mês de agosto, quando as vendas do comércio registraram um aumento de 7,83% em relação ao mesmo período de 2019. Colaborou para este crescimento o Dia dos Pais, que foi a melhor data para o comércio mutuense em 2020, apesar das restrições relacionadas à epidemia de Covid-19. O crescimento no Dia dos Pais foi de 27% frente a igual período do ano passado. Os dados são do SPC Brasil.

Setembro também foi de alta nas vendas do comércio local, porém de forma mais tímida: 1,48% em relação ao mesmo mês de 2019. Para o presidente da CDL Nova Mutum, Roberto Giequelin, essa desaceleração no mês de setembro é normal. “Entendemos que são três os principais motivos: Historicamente, setembro não é considerado um bom mês para o comércio, pois não há datas comemorativas que impulsionem a venda sazonal. O segundo motivo é que o auxílio emergencial diminuiu de R$ 600 para R$ 300. Por último e não menos importante, a inflação da cesta básica subiu, com destaque para a carne, o óleo de soja e o arroz. Tudo isso corrói de certa forma o poder de compra do consumidor.”

A tendência de crescimento deve continuar nos próximos meses. “Para outubro, mês das crianças, esperamos um incremento de 3% nas vendas em relação a outubro de 2019”, prospecta o presidente da Acenm, Joelmir Faccio.

GERAÇÃO DE EMPREGOS

No tocante à geração de empregos, Nova Mutum fechou o mês de agosto com saldo levemente negativo, após três meses consecutivos de alta. O saldo foi de -10 postos de trabalho, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Os setores que puxaram o saldo negativo foram a Indústria, que admitiu 112 e desligou 174 trabalhadores (saldo de -62), e a Agropecuária (saldo -30). Já a Construção Civil fechou com saldo +30, Serviços +26 e Comércio +26.

Mesmo com a redução em agosto e no início da pandemia, no acumulado do ano, Nova Mutum já registra 1.018 novos postos de trabalho. Mato Grosso foi destaque nacional na geração de empregos, registrando +3.935 novos postos de trabalho no mês de agosto.

Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC | Ascom - Acenm/CDL
Foto: Kacio Henrique


Veja também

Pedidos de falência caem 29,6% em janeiro11/02/20 De acordo com levantamento, os pedidos de falência caíram quase 30% no mês de janeiro. Os pedidos de falência no País caíram 29,6% em janeiro deste ano em relação a dezembro e cederam 2,7% no acumulado de 12 meses finalizados em janeiro, conforme a Boa Vista. Nessa base de comparação, as falências decretadas registraram queda de......
Tecnologia no Varejo para 2020. Quais mudanças esperar?20/12/19 A Inteligência Artificial deve ter um grande destaque em 2020, se tornando cada vez mais acessível O ano de 2020 está chegando. Em meio ao momento de planejar as ações e estratégias para sua empresa, há......
Inflação oficial de fevereiro fica em 0,25%12/03/20 Segundo IBGE, é o menor índice registrado para o mês desde 2000 O Índice Nacional de Preços aos Consumidor Amplo (IPCA), que serve como inflação oficial, ficou em 0,25%, em fevereiro. O resultado foi......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.