Aba 1

Postado em 03 de Maio às 17h22

Novos empregos: Nova Mutum tem melhor trimestre desde 2011

Economia e mercados (154)
Acenm/CDL Relatório econômico de março divulgado pela Acenm/CDL aponta saldo positivo na geração de empregos, alta nas vendas do comércio e desaceleração da inadimplência NOVA...

Relatório econômico de março divulgado pela Acenm/CDL aponta saldo positivo na geração de empregos, alta nas vendas do comércio e desaceleração da inadimplência

NOVA MUTUM, MATO GROSSO: Em 2021, Nova Mutum registrou o melhor primeiro trimestre da história do município em geração de empregos, criando 1.003 novos postos de trabalho com carteira assinada. O recorde era de 2011, quando o município apresentou um saldo de 956 novos postos no mesmo período, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) analisados pela Acenm/CDL.

Nos últimos 18 anos – 2004 a 2021, período compreendido pelo banco de dados do Caged – o setor que mais contratou foi o de serviços, com saldo de 2.915 postos criados, seguido pela indústria (2.429), comércio (2.324), agropecuária (1.533) e construção civil (1.016).

No mês de março deste ano, o saldo foi de 103 novos empregos. Foram 958 admissões contra 855 demissões. Destaque para os setores de serviços (+119), indústria (+48) e construção civil (+39). Agropecuária e comércio tiveram saldo negativo: 95 e 8, respectivamente. Em Mato Grosso o saldo foi de mais 4.277 novos empregos.

“Com o receio que o empresário teve no mês de março sobre um possível lockdown, verificamos um número negativo no comércio, mas sem dúvida será recuperado no mês de abril. Por outro lado, o setor de serviços surpreendeu mostrando mais uma vez a resiliência da economia da região”, destaca o gerente administrativo da Acenm/CDL, Rodrigo Rigoni.

“O termômetro de uma economia saudável sem dúvida é a geração de emprego. Nova Mutum cresce num ritmo acelerado e isso se evidencia em números”, analisa o presidente da Acenm, Lirio Vitalli. “Isso mostra um desafio e ao mesmo tempo muitas oportunidades. Enfrentamos atualmente uma demanda e um déficit muito grande por mão de obra qualificada. Hoje a maioria das empresas em Nova Mutum precisa disso e enfrenta dificuldade em encontrar”, complementa o presidente da CDL, Ronnie Sfredo.

VENDAS

Em Nova Mutum, segundo dados do SPC Brasil, as vendas do comércio no mês de março apresentaram resultados satisfatórios, com crescimento de 35,4% na comparação com o mesmo mês de 2020. Esse número já era aguardado pelo fato de março de 2020 ter sido o início das restrições nos estabelecimentos comerciais em Nova Mutum, quando as lojas ficaram praticamente oito dias fechadas. “Vimos que o resultado foi ligeiramente melhor do que em 2019, período pré-pandemia, ou seja, o ritmo econômico do varejo mostra claras evidências de que voltou à normalidade”, avalia Rigoni.

Já na comparação mensal, as vendas do comércio apresentaram crescimento de 14,95% frente a fevereiro de 2021. “Janeiro e fevereiro são considerados meses historicamente ruins e de baixo ritmo principalmente no comércio varejista, geralmente as pessoas ainda estão se recuperando dos gastos de final de ano”, lembra Sfredo.

INADIMPLÊNCIA

A inadimplência do consumidor mutuense desacelerou em março de 2021. Ainda segundo o SPC Brasil, a inadimplência caiu 1,12% comparada a fevereiro. Já na comparação anual, com março de 2020, houve um crescimento de 3,45% no número de pessoas negativadas em Nova Mutum. Isso mostra que a inadimplência em Nova Mutum, de certa forma está sob controle, verificamos que as empresas estão tomando mais cuidado na hora de efetuar o cadastro de seus clientes”, comenta Vitalli.

Por: Tiago Franz | Jornalista 3621SC | Ascom - Acenm/CDL
Foto: Kacio Henrique

Veja também

Peac Maquininhas liberou R$ 3,19 bi em 2020 em mais de 112 mil operações20/04 Uma Nota Informativa da SPE sobre o Programa Emergencial de Acesso a Crédito na modalidade de garantia de recebíveis foi divulgada com o balanço do programa. O Programa Emergencial de Acesso a Crédito com Garantia de Recebíveis (Peac Maquininhas) emprestou R$ 3,19 bilhões no período de funcionamento, entre 15 de outubro e 31 de dezembro do ano passado. O valor......
Economia mutuense dá fortes sinais de retomada30/07/20 Mês de junho fechou com saldo de empregos positivo, aumento da arrecadação municipal e do movimento do comércio. Setores de eventos, gastronomia e escolas ainda sofrem Dados do SPC Brasil apontam que o movimento do......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.