Aba 1

Postado em 16 de Outubro de 2014 às 14h56

Proibida venda de bebidas durante 2º turno em Nova Mutum e Trivelato

Acenm/CDL Novo Conteúdo 01 O Poder Judiciário, por intermédio da juíza Helícia Vitti Lourenço, da 5ª Zona Eleitoral de Mato Grosso, emitiu portaria que proíbe a venda, serventia, ingestão e...

O Poder Judiciário, por intermédio da juíza Helícia Vitti Lourenço, da 5ª Zona Eleitoral de Mato Grosso, emitiu portaria que proíbe a venda, serventia, ingestão e porte de bebida alcoólica de qualquer natureza durante o dia de votação de segundo turno à presidência da República, em Nova Mutum e também em Santa Rita do Trivelato.

A proibição é determinada para o próximo dia 26 de outubro, domingo, das 6h às 17h. A portaria, de número 03/2014 entrou em vigor no último dia 9 de outubro, data de sua publicação, e prevê prisão em flagrante aos infratores pelo crime previsto no artigo 347 do Código Eleitoral.

Veja a portaria no anexo abaixo:

_______________________________________
Assessoria de Imprensa – Acenm/CDL
Agência Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC
Com: Diego Weber

Veja também

Demanda por investimentos das MPEs aumenta, aponta SPC Brasil01/02/18Apesar da alta, quantidade de empresários com intenção de investir ainda permanece baixa. 74% dos MPEs não planejam tomar crédito nos próximos 90 dias O final de 2017 parece ter encorajado micro e pequenos empresários do varejo e serviços. Nos três últimos meses do ano passado, o Indicador de Propensão ao Investimento no próprio negócio ficou acima da média histórica, de 27,3 pontos, numa escala que vai de zero a 100. Dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da......

Voltar para Notícias