Aba 1

Postado em 07 de Junho de 2016 às 10h38

Proposta para o desenvolvimento do Polo tecnológico de Nova Mutum é apresentada em reunião entre poder público e sociedade civil organizada

Acenm/CDL avalia positivamente a proposta

Acenm/CDL Acenm/CDL avalia positivamente a proposta O primeiro passo para a implantação do polo tecnológico no município de Nova Mutum foi dado (31/05) terça-feira, quando foi realizada no Sindicato Rural a...

O primeiro passo para a implantação do polo tecnológico no município de Nova Mutum foi dado (31/05) terça-feira, quando foi realizada no Sindicato Rural a reunião entre poder público e sociedade civil organizada sobre políticas públicas para o desenvolvimento do polo de inovação de Nova Mutum, atração de empresas de tecnologia da informação, apoio e fomento aos empreendimentos criativos.

A reunião foi conduzida por uma equipe técnica formada pelo gerente de Planejamento e Desenvolvimento Estratégico, Mauro Manjabosco, (designado para acompanhar o projeto do Polo Tecnológico), pelos consultores Mário Bracht, engenheiro químico e Ênio Perin, urbanista e também pelo prefeito Adriano Pivetta.

Estavam presentes os membros da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas e ainda membros da sociedade civil organizada e autoridades locais.

Na ocasião, Mauro Manjabosco relembrou que o Plano Diretor foi criado através de uma lei complementar aprovada em 2012, e que não pode ser apenas uma “ferramenta de gaveta”. Desde então, foi desenvolvida uma reforma administrativa e criadas algumas secretarias voltadas para o plano diretor, além de ter o acompanhamento da equipe técnica especialista para desenvolver o polo tecnológico e o parque tecnológico.

O urbanista Ênio Perin, que já contribuiu com o desenvolvimento dos planos diretores das cidades de Toledo (PR) e Luiz Eduardo Magalhães (BA), iniciou sua explanação destacando algumas reflexões (questionamentos) sobre o desenvolvimento estratégico, das quais destacam-se algumas:
• O Agronegócio está em uma boa fase, isto será sempre assim?
• O Município de Nova Mutum está conseguindo gerar emprego e qualificar pessoas?
• Como o Município interpreta e se posiciona diante desse novo tempo de inovação, de ciência e tecnologia do mundo?
• Como organizar o território urbano para absorver esses impactos significativos de possíveis mudanças?

Perin apontou alguns desafios para a região:
• Como articular o Fluxo viário da rodovia BR163, a MT 249 e MT 235 dentro do perímetro urbano de Nova Mutum e das proximidades?
• Como incluir a universidade no processo de pensar, debater e planejar o desenvolvimento local e regional?

Perin destacou ainda que dentro do trabalho do Plano Diretor, foram 12 meses de questionamentos e de variadas interpretações, sendo que neste período os pioneiros tomaram a decisão de participar e fazer a doação de aprox. 300 hectares de áreas. “Isso não é uma coisa comum no País”, destacou Perin.

O Plano aponta a implantação do parque tecnológico de Nova Mutum, e destaca alguns pontos de possível concretização, entre eles: implantação de novos cursos técnicos em diversas áreas, implantação de nova instituição de ensino, formação de parcerias público/privado, viabilização de uma feira Tecnológica - espaço para realização de grandes negócios e apresentação de inovação tecnológica no campo do agronegócio, construção de um teatro como incentivo a cultura local entre outros projetos.

O engenheiro químico Mário Bracht, especialista na área de ciência e tecnologia, foi responsável pela criação do Parque Tecnológico de Cascavel (PR), ficou responsável pela elaboração de legislação e mecanismos para atração de investidores no campo da tecnologia para Nova Mutum. Bracht destacou que este modelo de projeto participativo com a comunidade torna-o mais eficaz, com muito mais probabilidade de continuidade.

“O grande problema a ser enfrentado é a falta de recursos humanos para gerar tecnologia. “É preciso ter tecnólogos que gerem projetos para gerar empresas e isso nós não temos ainda em Nova Mutum”, apontou Mário Bracht.

Nova Mutum será um novo polo tecnológico e por esta razão, haverá ampla discussão com as lideranças locais para definição de quais serão as áreas complementares e quais serão as prioridades de instalação no parque tecnológico.

Neste primeiro momento está sendo levantada toda a parte documental das áreas, transposição de registros e escrituras; num segundo momento será criado o projeto do parque, a parte arquitetônica e parcerias com o poder público e privado.

Segundo o prefeito Adriano Pivetta, sendo concretizada a implantação do polo tecnológico, este importante projeto irá gerar oportunidades para o futuro de Nova Mutum.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

Veja também

Vendas no Natal devem movimentar R$ 60 bilhões na economia, estimam CNDL/SPC Brasil14/11/19 Festividade vai mobilizar quase 120 milhões de pessoas nos principais centros de compra. Cada presente custará, em média, R$ 125; lojas de departamento e internet superam shopping center na busca por presentes Mesmo com o orçamento apertado, a maior parte dos brasileiros não vai abrir mão de garantir os presentes de Natal, a data mais importante para o......
Alvará 2014: primeira parcela vence no dia 31 de janeiro 07/01/14 Assinado no dia 11 de dezembro de 2013 pelo prefeito Adriano Pivetta e em vigor desde o dia 1º de janeiro, o Decreto Nº 120 “estabelece normas para cobrança do Alvará de Funcionamento do exercício de 2014”. De......
Sociedade mutuense vai às ruas protestar por mais segurança18/07/14População está indignada com crescente onda de violência e cobra mais atenção dos poderes na esfera estadual e federal Cerca de 2,5 mil pessoas participaram de uma manifestação pacífica em Nova Mutum, na tarde desta quinta-feira (17), com o propósito de reivindicar melhorias nas políticas de segurança pública e combater a onda......

Voltar para Notícias