Aba 1

Postado em 24 de Fevereiro de 2015 às 10h04

Sefaz disponibiliza Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional

Acenm/CDL Novo Conteúdo 02 Já está disponível o Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional 2015. O documento apresenta ao solicitante as pendências que impediram a adesão ao regime...

Já está disponível o Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional 2015. O documento apresenta ao solicitante as pendências que impediram a adesão ao regime tributário. Dessa forma, contribuintes que tiveram a solicitação de enquadramento indeferida terão até o dia 19 de março de 2015 para ingressar com recurso, comprovando que as pendências apontadas no Termo foram regularizadas até 30 de janeiro de 2015, conforme Portaria nº 238/2014/Sefaz/MT.

O recurso poderá ser formalizado por meio do Sistema de Protocolização e Fluxo de Documentos Eletrônicos (Processo Eletrônico), disponível para acesso neste Portal, no serviço e-Process, modelo de requerimento intitulado Simples Nacional - Impugnação do Indeferimento do Enquadramento ao Regime.

O Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional 2015 para os contribuintes com ausência ou irregularidade na inscrição estadual encontra-se neste Portal (veja aqui). Já no caso dos contribuintes inscritos, a consulta ao documento se dará através do acesso disponibilizado aos contabilistas. O objetivo da disponibilização do Termo, de acordo com o gerente de Informações Cadastrais (GCAD), Francisco Irisvan de Souza Oliveira, é facilitar a consulta ao mesmo.

Até a tarde de ontem (12) já estavam enquadradas no Simples Nacional ano 2015, 3.869 inscrições estaduais. Após o término do período da Opção, que foi até 30 de janeiro de 2015, a Sefaz/MT recebeu 8.901 solicitações para ingresso no regime tributário, sendo que desse total foram constatadas pendências em 5.302. "São para estes 5.302 CNPJs que emitimos o Termo de Indeferimento da Opção ao Simples Nacional. Vale enfatizar que, se a empresa já regularizou a pendência apontada até o prazo estipulado, poderá entrar com recurso", reforça o gerente.

Fonte: Assessoria/Sefaz-MT

Veja também

Serviço gratuito da Acenm/CDL ajuda empresas a preencher vagas de emprego04/02/15 A Acenm/CDL solicita a seus associados interessados em preencher vagas de emprego que informem as vagas disponíveis para que sejam publicadas no Balcão de Empregos, um serviço disponibilizado gratuitamente pela Acenm/CDL através do seu portal e também pessoalmente nos guichês de atendimento da entidade. O Balcão de Empregos consiste em anunciar ao público......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.