Aba 1

Postado em 20 de Setembro de 2016 às 12h22

Encontro Estadual de Presidentes, Diretores e Executivos das Associações Comerciais e Empresariais

Acenm/CDL Aconteceu em Cuiabá, nos dias 15 e 16 de setembro, o Encontro Estadual de Presidentes, Diretores e Executivos das Associações Comerciais e Empresariais do estado, realizado pela Federação das...

Aconteceu em Cuiabá, nos dias 15 e 16 de setembro, o Encontro Estadual de Presidentes, Diretores e Executivos das Associações Comerciais e Empresariais do estado, realizado pela Federação das Associações Comerciais e Empresariais de Mato Grosso – FACMAT.

Estiveram presentes o presidente da ACENM, Jimmy Anderson Huppes e o gerente da entidade Tiago Moraes.

Dentro da pauta da reunião, o Secretário de Estado de Fazenda, Sereni Paludo tratou sobre a reforma Tributária de Mato Grosso, FUNEDs e Programa de Recuperação Fiscal – Refis. O Dr. André Barbosa, Consultor na área de concessões públicas, falou sobre Parceria Público Privada - PPP. Linhas de Crédito do Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste - FCO foram abordadas pelo assessor da superintendência do Banco do Brasil, Eduardo Luna. Produtos e serviços das associações também foram tratados no encontro, além de assuntos gerais.

Para Jimmy o evento foi proveitoso: “Esses encontros anuais são muito importantes pois possibilitam o debate mais aprofundado das necessidades da classe empresarial no Estado do Mato Grosso. Foram dois dias de intenso trabalho, onde pudemos ouvir e opinar sobre a reforma tributária, aplicação de recursos do FCO e outros assuntos importantes, além de reforçar o que deve ser nossa característica principal, que é a representatividade da classe empresarial a nível municipal, estadual e federal”.

Fonte: Assessoria de Comunicação

Foto: FACMAT

Veja também

SINE atualiza vagas de emprego para Nova Mutum24/09/20 O Sistema Nacional de Emprego (SINE) de Nova Mutum anuncia mais de 160 vagas de emprego no município, em empresas de diversos segmentos, para diversas áreas e níveis de escolaridade. Com salários que variam de R$ 1 mil a até R$ 2,5 mil mensais (alguns negociados diretamente com o empregador), as vagas são para:   AUXILIAR DE PRODUÇÃO – 72......
MT: Inadimplência cresceu mais de 7% em um ano26/08/15 Em junho de 2015, o número de dívidas em atraso de moradores do Mato Grosso cresceu 7,63% em relação a junho de 2014. O dado ficou acima da média nacional, que foi de 5,75%. O Mato Grosso foi, ainda, o estado com o 8º......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.