Aba 1

Postado em 04 de Junho de 2014 às 11h30

FUTURO DA BR 163: Concessionária realiza estudo na comunidade

Diretores da Acenm/CDL foram entrevistados por consultores nesta terça-feira

Acenm/CDL Diretores da Acenm/CDL foram entrevistados por consultores nesta terça-feira Diretores da Associação Comercial e Empresarial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL) receberam na tarde de ontem (03),...

Diretores da Associação Comercial e Empresarial e Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL) receberam na tarde de ontem (03), para uma entrevista, consultores encarregados de coletar demandas e anseios da população mato-grossense quanto ao futuro da BR 163.

O presidente da CDL, Rodrigo Rigoni, acompanhado do vice-presidente da Acenm, Jimmy Huppes e do empresário Roberto Giequelin, membro da diretoria da CDL, conversaram durante uma hora com os consultores Érica Gallucci e Pedro Castro, colaboradores de uma empresa de consultoria terceirizada pela Odebrecht TransPort para pesquisar as demandas locais em relação à rodovia.

Em novembro do ano passado a Odebrecht venceu o leilão de privatização dos 850 quilômetros da BR-163 que se estende da divisa com o Mato Grosso do Sul até a região de Sinop e Sorriso, ao norte de Mato Grosso. A empresa terá de investir R$ 4,7 bilhões na rodovia ao longo dos 30 anos da concessão.

“Nós recebemos esta iniciativa de ouvir a sociedade com bons olhos e temos grande expectativa em relação ao trabalho que será feito na rodovia. Acreditamos que a duplicação que passará por Nova Mutum será um grande avanço, tanto para nossa segurança como para a economia da região, e que essa infraestrutura trará ainda mais investimentos para nosso município”, comentou Rigoni.

A pesquisa leva em conta aspectos ambientais, econômicos, culturais, entre outros. “Nosso propósito é ouvir o que a sociedade tem a dizer, qual o impacto esperado, tanto em relação ao período de obras quanto na operação da rodovia, levando muito em conta os sonhos, o que se imagina de uma rodovia do futuro”, explicou a consultora Érica Gallucci.

Além da Acenm/CDL, os consultores entrevistaram durante a terça-feira outras lideranças e grandes empresas de Nova Mutum. Durante toda a semana eles percorrem a região realizando o mesmo trabalho nos demais municípios do eixo da BR 163.

_________________________________
Assessoria de imprensa – Acenm/CDL
Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Nova Mutum tem aumento de 65% na quantidade de empresas abertas10/06 Mesmo em meio a um pico da pandemia, Nova Mutum ganhou 473 novas empresas, de variados setores entre janeiro e abril deste ano. O resultado é 65,38% maior considerando o mesmo período de 2020, quando 286 estabelecimentos comerciais iniciaram suas atividades. Das novas empresas, 141 atuam com promoção de vendas, 93 com comércio varejista de artigos do vestuário e......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.