Aba 1

Postado em 03 de Maio às 15h26

Governo aprova prorrogação de parcelas de financiamentos feitos pelo Fundo Constitucional

Fomento (83)Economia e mercados (154)

Solicitado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional e vigorando desde sábado, o novo prazo poderá ser adiado até o fim deste ano

Em decorrência dos desdobramentos da pandemia da COVID-19, o Ministério do Desenvolvimento Regional, responsável pelo gerenciamento dos fundos constitucionais do Nordeste (FNE), do Centro-Oeste (FCO) e do Norte (FNO), solicitou a prorrogação do prazo para pagamento das parcelas de financiamento que usam recursos do Fundo Constitucional.

"Devido à continuação da crise do coronavírus e aos efeitos econômicos que ela tem causado, vários empreendedores e produtores rurais ainda não conseguiram se restabelecer. Por isso, é necessário oferecer essa prorrogação para que as empresas não fechem, consigam se recuperar e apoiar a geração de trabalho e renda da população", declarou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.

Prorrogação dos prazos de empréstimos

Os produtores rurais que possuem parcelas com vencimento em 2020 e 2021 terão oportunidade de prorrogar para até 31 de dezembro de 2021 seus financiamentos, desde que sejam contratados por mini e pequenos produtores rurais, ou agricultores familiares.

Para operação de crédito não rural com vencimento em 2021, a prorrogação será maior e poderá ser ampliada em até 12 meses.

As operações inadimplentes, em ambos os casos, que forem regularizadas até a data da prorrogação serão autorizadas, devendo ser comprovado a dificuldade temporária do tomador de crédito pelo banco.

Para solicitação da prórroga, os empreendedores devem buscar as instituições financeiras responsáveis (Banco do Brasil, Banco do Nordeste e Banco da Amazônia).

Fonte: Portal Contábeis

Veja também

Acenm/CDL: “linha aérea aproxima Nova Mutum dos grandes centros econômicos”28/01/20Entidade prestigiou voo inaugural da Asta Linhas Aéreas Diretores e gerência da Acenm/CDL prestigiaram, na tarde de ontem (27), o voo inaugural da empresa Asta Linhas Aéreas – oficialmente o primeiro voo comercial da história do aeroporto municipal Brigadeiro Eduardo Gomes. Autoridades municipais e dirigentes da Asta decolaram do aeroporto Marechal Candido Rondon, em Várzea Grande, pousando em Nova Mutum por volta das 17h, após......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.