Aba 1

Postado em 20 de Dezembro de 2017 às 11h06

Pagamento de multas com 75% de desconto até amanhã

Prazo para adesão ao Programa Regularize do Estado de MT encerra nesta quinta (21). O desconto se aplica a débitos com a Sema, Detran e outros órgãos estaduais

Acenm/CDL Prazo para adesão ao Programa Regularize do Estado de MT encerra nesta quinta (21). O desconto se aplica a débitos com a Sema, Detran e outros órgãos estaduais Os contribuintes em situação de débito decorrente de...

Os contribuintes em situação de débito decorrente de autos de infração tem até o dia 21 de dezembro, amanhã, para aderir aos benefícios do Programa de Recuperação de Créditos do Estado de Mato Grosso - Programa REGULARIZE, instituído pela Lei nº 10.597, de 07 de agosto de 2017, e regulamentado pelo Decreto nº 1.285, de 30 de novembro de 2017.

O programa refere-se a débitos com os seguintes órgãos estaduais: Procuradoria-Geral do Estado de Mato Grosso (PGE/MT), Agência de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Estado de Mato Grosso (AGER/MT), Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (INDEA/MT), Superintendência de Defesa do Consumidor (PROCON/MT), Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA/MT) e Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (DETRAN/MT).

BENEFÍCIOS

A finalidade do programa é estimular o pagamento de débitos por meio do perdão de penalidade pecuniária, de juros, de multa moratória e penalidades decorrentes da mora de concessão de parcelamento.

Os créditos não tributários decorrentes de penalidade aplicadas até o dia 31 de dezembro de 2015 pelos referidos órgãos estaduais, inscritos ou não em dívida ativa, podem ser liquidados mediante as seguintes formas:

I - em parcela única, com redução de 75% (setenta e cinco por cento) incidente sobre o valor total dos juros, das multas e/ou penalidades atualizadas monetariamente;
II - em até 12 (doze) parcelas mensais e sucessivas com redução de 65% (sessenta e cinco por cento) incidente sobre o valor total de juros, das multas e/ou penalidades atualizadas monetariamente;
III - em até 24 (vinte e quatro) parcelas mensais e sucessivas com redução de 55% (cinquenta e cinco por cento) incidente sobre o valor total de juros, das multas e/ou penalidades atualizadas monetariamente;
IV - em até 36 (trinta e seis) parcelas mensais e sucessivas com redução de 40% (quarenta por cento) incidente sobre o valor total de juros, das multas e/ou penalidades atualizadas monetariamente;
V - em até 48 (quarenta e oito) parcelas mensais e sucessivas com redução de 25% (vinte e cinco por cento) incidente sobre o valor total de juros, das multas e/ou penalidades atualizadas monetariamente;
VI - em até 60 (sessenta) parcelas mensais e sucessivas com redução de 15% (quinze por cento) incidente sobre o valor total de juros, das multas e/ou penalidades atualizadas monetariamente.

COMO ADERIR

Os Interessados em aderir ao Programa REGULARIZE e quitar seus débitos oriundos de autos de infração deverão formalizar o Requerimento junto aos órgãos competentes, por meio de formulário próprio contido no Anexo Único do Decreto nº 1.285, de 30 de novembro de 2017. Formalizado o requerimento, será realizada a análise do enquadramento no programa e o cálculo do valor devido.

A verba devida será destinada ao Fundo de Aperfeiçoamento dos Serviços Jurídicos da Procuradoria-Geral do Estado – FUNJUS.

Veja também

Decreto prorroga validade do Alvará de 2015 até 31 de janeiro em Nova Mutum13/01/16 Foi publicado no Diário Oficial de Contas, edição 782 de 07 de janeiro de 2015, o decreto municipal nº 003 que prorroga o prazo de validade do Alvará de Funcionamento, relacionado ao exercício de 2015. Pelo decreto, o documento expedido ano passado tem validade até 31 de janeiro de 2016 em Nova Mutum. O secretário de Economia e Planejamento, Agenor Darcir......
Acenm/CDL participa da mobilização para aprovação do novo Simples Nacional27/03/14Presidente da Acenm esteve em Cuiabá, em evento com presença do ministro da Secretaria Especial da MPE, Afif Domingos Tramita no Congresso um projeto que, se aprovado, permitirá que 475 mil empresas entrem no regime tributário do Simples Nacional. Atualmente, as empresas do Simples são classificadas por setores e não pelo seu faturamento, o que......
Seminário de coaching e técnica de vendas reúne mais de 300 pessoas04/02/14 O Grupo D.A. Cursos e Palestras e a Acenm/CDL realizam nesta segunda e terça-feira (03 e 04), o Seminário Como Preparar a sua Empresa para os Desafios de 2014. No primeiro encontro, realizado ontem, no Quick Centro de Eventos, o coach e master......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.