Aba 1

Postado em 23 de Janeiro de 2015 às 16h18

Protocolada reclamação coletiva contra serviços de telefonia e internet

Acenm/CDL reuniu cerca de 150 assinaturas de empresários insatisfeitos

Acenm/CDL Acenm/CDL reuniu cerca de 150 assinaturas de empresários insatisfeitos A insatisfação da classe empresarial quanto aos serviços de telefonia e internet ofertados no estado de Mato Grosso pela Oi levou a...

A insatisfação da classe empresarial quanto aos serviços de telefonia e internet ofertados no estado de Mato Grosso pela Oi levou a Associação Comercial e Empresarial de Nova Mutum e Câmara de Dirigentes Lojistas (Acenm/CDL) a organizar, em outubro de 2014, uma reclamação formal e coletiva contra a empresa. Com cerca de 150 assinaturas de empresários, o documento foi protocolado nesta terça-feira (20) junto ao Procon de Nova Mutum.

O documento aponta os seguintes problemas: constantes quedas do sinal de telefonia e consequentemente da internet banda larga, que muitas vezes perdura turnos inteiros sem sinal simultaneamente em grande parte da cidade; a demora nos serviços de suporte para solução de problemas na linha; a baixa velocidade da internet banda larga em comparação com a velocidade contratada; entre outros.

A Acenm/CDL aguarda, para os próximos dias, um retorno do Procon com a resposta da Oi e encaminhamentos.

_______________________________________
Assessoria de Imprensa – Acenm/CDL
Agência Folk – Comunicação Integrada
Tiago Franz – Jornalista 3621SC

Veja também

Alvará 2014: primeira parcela vence no dia 31 de janeiro 07/01/14 Assinado no dia 11 de dezembro de 2013 pelo prefeito Adriano Pivetta e em vigor desde o dia 1º de janeiro, o Decreto Nº 120 “estabelece normas para cobrança do Alvará de Funcionamento do exercício de 2014”. De acordo com o documento, o Alvará 2014 poderá ser pago em parcela única até 31 de janeiro de 2014 ou em três parcelas: a......

Voltar para Notícias

Acesse o regulamento no anexo a seguir:

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.