Aba 1

Postado em 07 de Novembro de 2019 às 08h17

Veja a previsão dos principais indicadores econômicos de 2019 até 2022

O crescimento econômico deste ano do Produto Interno Bruto (PIB) deve ser de 0,92%, uma leve alta diante do último dado de 0,91%

O MT Econômico traz para você a previsão dos principais indicadores da economia para 2019, 2020, 2021 e 2022. As estimativas são das instituições financeiras e analistas, por meio do boletim Focus. Veja abaixo:

PIB

O crescimento econômico deste ano do Produto Interno Bruto (PIB) deve ser de 0,92%, uma leve alta diante do último dado de 0,91%. As projeções para os anos seguintes não foram alteradas: 2% em 2020; e 2,50% em 2021 e 2022.

Inflação

A previsão para a inflação, calculada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve ficar em 3,29% em 2019, 3,60%, em 2020, 3,75%, em 2021, e 3,50% em 2022. Todas abaixo do centro da meta de 4,29% em 2019, 4% em 2020, 3,75% em 2021 e 3,50% em 2022

Taxa Selic

Para o mercado financeiro, a Selic deve terminar 2019 e 2020 em 4,50% ao ano. Para 2021, a expectativa é que a Selic termine o período em 6% ao ano. Para o fim de 2022, a previsão é 6,50% ao ano.

Dólar

A previsão para a cotação do dólar segue em R$ 4 para o final de 2019 e 2020.

Fonte: MT Econômico

Veja também

Sefaz orienta contribuintes sobre uso do Domicílio Tributário Eletrônico14/10/19 Sefaz orienta contribuintes sobre uso do Domicílio Tributário Eletrônico A Secretaria de Fazenda (Sefaz) informa que todas as empresas inscritas no Cadastro de Contribuintes do Estado (CCE), com exceção dos Micro Empreendedores Individuais (MEI), estão obrigadas ao uso do Domicílio Tributário Eletrônico (DT-e). A obrigatoriedade passou a vigorar em junho desse ano quando, aproximadamente, 78 mil contribuintes......
Acenm/CDL comemora derrubada do veto do Refis das MPEs06/04/18Micro e pequenas empresas terão descontos e até 175 meses para quitar impostos federais atrasados; 600 mil empresas devem ser beneficiadas. A Associação Comercial e Empresarial e a Câmara de Dirigentes Lojistas de Nova Mutum (Acenm/CDL) comemorou nesta terça-feira (03.04) a derrubada do veto presidencial ao programa de refinanciamento dos débitos de micro e......

Voltar para Notícias

Nós utilizamos Cookies para trazer uma experiência mais relevante nas suas navegações. Para saber mais acesse nossa Política de Privacidade.